PIBIC Af-2011/2012


SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA – PROPESQ

 

EDITAL DE SELEÇÃO PROPESQ N.º 02/2018

 

Programa Institucional de Iniciação Científica Ações Afirmativas (PIBIC-Af) – 2018/2019

 

 

A Fundação Universidade Federal de Rondônia, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e da Coordenadoria do PIBIC/PROPESQ, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente edital e convida os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos e em conformidade com a Resolução Normativa n.º 017/2006/CNPq de 06 de julho de 2006.

 

  1. CONCEITUAÇÃO:

 

O PIBIC nas Ações Afirmativas é um programa que tem como missão complementar as ações afirmativas já existentes nas universidades. Seu objetivo é oferecer aos alunos beneficiários dessas políticas a possibilidade de participação em atividades acadêmicas de iniciação científica. Este Programa está inserido no PIBIC e é resultado de uma parceria entre Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Ministério da Ciência e Tecnologia - CNPq / MCTI e a Subsecretaria de Políticas de Ações Afirmativas da Secretaria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial - SUBPAA / SEPPIR-PR.

       1.1 Por razão de estilo, adota-se neste Edital o gênero masculino da língua vernácula, sem significar preferências.

       

       2. OBJETIVOS:

 

O Programa Institucional de Iniciação Científica – PIBIC/Ações Afirmativas é dirigido às universidades públicas que são beneficiárias de cotas PIBIC e que desenvolvem atividades no âmbito das ações afirmativas, tais como cota para o ingresso de estudantes oriundos de populações historicamente excluídas do Ensino Superior.

     

            2.1 Objetivos Específicos

 

  1. Ampliar a oportunidade de formação técnico-científica de estudantes, cuja inserção no ambiente acadêmico se deu por uma ação afirmativa para ingresso no Ensino Superior;

  2. Contribuir para a formação científica de recursos humanos entre os beneficiários de políticas de ações afirmativas de qualquer atividade profissional;

  3. Ampliar o acesso e a integração dos estudantes beneficiários de políticas de ações afirmativas à cultura científica, e

  4. Fortalecer a política de ação afirmativa existente nas instituições.

 

  1. FORMAS DE CONCESSÃO DAS BOLSAS:

    3.1 Quantitativo previsto de bolsas sob fomento do CNPq para o ciclo 2018/2019:

    3.2 As cotas de bolsa fomentada pelo CNPq, cujo quantitativo previsto é de 05 (cinco), serão concedidas aos pesquisadores que possuam título de doutor, com maior produção acadêmica qualificada, e que exerça atividade de pesquisa, evidenciada por sua recente produção registrada no Currículo Lattes.

    3.3 O valor das bolsas é de R$ 400,00 (quatrocentos reais).

    3.4 A concessão e o valor das bolsas estarão condicionados à disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq no momento de sua implementação.

    3.5  As demandas por bolsas serão analisadas em duas etapas:

  1. Pré-seleção realizada automaticamente pelo Sistema InfoPIBIC;

  2. Seleção final realizada pelos Comitês Técnico-Científicos Interno e Externo (CTC-I e CTC-E), compostos por docentes doutores da UNIR e docentes e/ou pesquisadores representantes do CNPq, respectivamente.

    3.6 Na etapa de pré-seleção, o Sistema InfoPIBIC procede à verificação automática dos campos e anexos obrigatórios constantes nos cadastros dos candidatos a orientadores inscritos no certame, para fins de homologação da inscrição.

    3.7 Na etapa da seleção, as inscrições homologadas são minuciosamente analisadas pelos consultores dos CTC-I e CTC-E, consistindo na análise dos campos preenchidos e da documentação anexada ao InfoPIBIC, conforme estabelecido no item 5.6. deste Edital. Os CTC-I e CTC-E indicarão a concessão de 1 (uma) cota de bolsa e 2 (dois) registros de orientandos voluntários ao orientador doutor. Esse número poderá ser alterado em virtude do quantitativo de bolsas e de acordo com os seguintes critérios de prioridade: ser bolsista de produtividade do CNPq; desenvolver projeto de pesquisa financiado por agência de fomento; estar vinculado a curso de pós-graduação stricto sensu; ter produção científica relevante, de preferência em periódicos indexados no Sistema Qualis da Capes.

    3.8 A classificação do candidato a orientando tem por critérios o desempenho e a produtividade acadêmica comprovados em seu Currículo Lattes e Histórico Escolar, somando-se as notas atribuídas ao seu orientador, ao projeto e plano de trabalho, conforme especificado no item 5.8. deste Edital.

    3.9 As bolsas são destinadas exclusivamente aos orientandos de orientadores doutores, de acordo com sua classificação no certame;

    3.10 O orientando a quem não for concedida bolsa, mas tiver seu plano de trabalho aprovado, será registrado no Programa como voluntário, com as mesmas responsabilidades e direitos que o bolsista.

     

    5.REQUISITOS DO PROJETO:

    5.1 Antes do cadastro da proposta pelo orientador, no InfoPIBIC, deverá ser observado o que segue:

    a) Projetos que envolvem aspectos éticos devem ser submetidos ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos, via Plataforma Brasil, ou ao Comitê de Ética em Pesquisa com Animais, quando for o caso;

    b) No ato da inscrição, o candidato a orientador deverá anexar (em formato PDF) a cópia da mensagem eletrônica da Equipe da Plataforma Brasil informando que o projeto foi aceito para análise no Comitê de Ética em Pesquisa – CEP, ou cópia do parecer aprovado emitido pelo CEP;

    c) Para pesquisa com animais, o orientador deverá anexar (em formato PDF) uma declaração de que o projeto foi submetido ao Comitê de Ética no Uso de Animais – CEUA (http://www.veterinariarolimdemoura.unir.br//pagina/exibir/3815) ou cópia do parecer aprovado;

    d) Projetos aprovados com a observação dos consultores do CTC-I ou CTC-E acerca da necessidade do Parecer do CEP ou do CEUA deverão ter seu respectivo parecer anexado (em formato PDF) pelo orientador, no Sistema InfoPIBIC, no prazo de até noventa dias decorridos da homologação do resultado final desse processo seletivo, sob pena de cancelamento do projeto no âmbito do PIBIC e registro de inadimplência para o processo seletivo subsequente.

    4.2 Quando o projeto do orientador estiver vinculado a um projeto de Grupo de Pesquisa (projeto matriz), o orientador deverá preencher na sua ficha de inscrição do InfoPIBIC os formulários referentes ao Projeto de Pesquisa do Grupo e o Projeto de Pesquisa do Orientador, a partir do qual serão elaborados os planos de trabalho dos orientandos, que também serão preenchidos em formulário específico disponível no InfoPIBIC.

    4.3 Em caso de projeto de pesquisador servidor técnico-administrativo, o candidato deverá fazer parte de grupo de pesquisa da UNIR cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa – DGP/CNPq.

    4.4 O orientador poderá submeter apenas 1 (um) projeto para o presente certame.

    4.5 O orientador poderá submeter seu projeto de pesquisa a fim de renovação somente por mais dois ciclos, com vigência máxima de 36 meses.

     

    5. CRITÉRIOS DE PRÉ-SELEÇÃO E SELEÇÃO DO PIBIC-Af-2018/2019:

    5.1 O processo seletivo do PIBIC-Af-2018/2019 ocorrerá exclusivamente por meio digital, com o preenchimento de formulários e anexação de documentos no Sistema InfoPIBIC, conforme itens 13.4. e 13.5. deste Edital.

    5.2 Os candidatos a orientador e a orientando deverão atualizar seus respectivos currículos Lattes até a data do término das inscrições prevista no cronograma, para que o CTC-I proceda à extração do quantitativo de artigos publicados em periódicos com Qualis/CAPES e preencha o campo específico da Planilha de Produção de cada candidato. Os demais itens a serem avaliados, relacionados no item 5.8. deste Edital, serão extraídos automaticamente pelo InfoPIBIC da Plataforma Lattes para a Planilha de Produção dos candidatos.

    5.3 A produção científica relevante refere-se ao ano atual (2018) e aos últimos 3 (três) anos completos (2015, 2016 e 2017).

    5.4 Os candidatos são responsáveis pela autenticidade das informações disponibilizadas nos seus respectivos currículos Lattes. Se constatadas incongruências nas informações prestadas durante a extração pelo InfoPIBIC e Consultores do CTC-I, o candidato será eliminado do certame e responsabilizado administrativamente.

    5.5 A pré-seleção compreenderá a verificação automática pelo InfoPIBIC da documentação e requisitos exigidos para a inscrição, conforme estabelecido no item 13. O comprovante de inscrição só será disponibilizado pelo sistema InfoPIBIC após o preenchimento dos Formulários obrigatórios e a inserção de todos os documentos previstos no mencionado item. Para homologar a inscrição, o candidato a orientador deverá clicar o botão “Enviar Inscrição”.

    5.6 No processo de seleção, os Consultores do CTC-E e CTC-I avaliarão os projetos e os planos de trabalho dos candidatos. A extração do quantitativo de artigos com Qualis/CAPES dos currículos Lattes dos participantes e sua inserção no Formulário de Produção dos candidatos será de incumbência exclusiva do CTC-I. A constatação, pelos CTC-I e CTC-E, de informações e/ou documentação falsas e/ou inexatas dos candidatos, em seus respectivos cadastros no InfoPIBIC, ocasionará sua eliminação do certame.

    5.7 Projetos e/ou planos de trabalho com média inferior a 50% da nota máxima, estabelecida no item 5.8., acarretarão a reprovação dos candidatos. A média será calculada a partir da soma das notas concedidas pelos CTC-E e CTC-I aos projetos e planos de trabalho, dividindo-se o resultado por 2 (dois).

    5.8 Os candidatos serão avaliados conforme exposto no quadro a seguir:

 

 

 

 

 

 

 


<<
Outubro 2021
>>
DoSeTeQuQuSe
     12
3456789
10111213141516
1718
19
20212223
24252627282930
31