PIBIC 2018/2019


Edital_01_PROPESQ_PIBIC_2018_2019

Comunicado sobre prorrogacao das inscricoes do PIBIC, PIBIC-Af e PIBITI

RESULTADO DA ANALISE DOS RECURSOS - INSCRICOES DO PIBIC_PIBIC-Af_PIBITI-2018-2019

Resultado Preliminar das Inscrições deferidas PIBIC 2018_2019

RESULTADO FINAL DAS INSCRICOES DEFERIDAS - PIBIC-2018_2019

COMUNICADO ALTERACAO NA DATA DE PUBLICACAO DO RESULTADO PRELIMINAR DO PIBIC_PIBIC-AF_PIBITI-2018-2019

COMUNICADO NOVA ALTERACAO NA DATA DE PUBLICACAO DO RESULTADO PRELIMINAR DO PIBIC_PIBIC-AF_PIBITI-2018-2019

RESULTADO PRELIMINAR DO PIBIC E PIBITI_2018-2019

CLASSIFICACAO DO PROCESSO SELETIVO DO PIBIC-2018-2019

CLASSIFICACAO DO PROCESSO SELETIVO DO PIBITI-2018-2019

Sugestao_de_requerimento_para_recurso

RESULTADO DA ANÁLISE DOS RECURSOS - SELEÇÃO DO PIBIC E PIBITI-2018/2019

RESULTADO FINAL DO PIBIC E PIBITI_2018-2019_ago

CLASSIFICACAO RESULTADO FINAL DO PIBIC-2018-2019_ago

CLASSIFICACAO RESULTADO FINAL DO PIBITI - 2018-2019_ago

NORMAS PARA RELATÓRIO E RESUMO INFORMATIVO CICLO 2018/2019

 

 

 EDITAL DE SELEÇÃO PROPESQ N.º 01/2018

 

Programa Institucional de Iniciação Científica (PIBIC) – 2018/2019

 

A Fundação Universidade Federal de Rondônia, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e da Coordenadoria do PIBIC/PROPESQ, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente edital e convida os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos e em conformidade com a Resolução Normativa n.º 017/2006/CNPq de 06 de julho de 2006.

 

1. CONCEITUAÇÃO:

 

O Programa Institucional de Iniciação Científica da UNIR, com base na Resolução Normativa 017/CNPq/2006 e na Resolução n.° 178/2007/CONSEA/UNIR, constitui-se na contrapartida Institucional do Programa de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, voltado para o desenvolvimento do pensamento científico e da iniciação à pesquisa de estudantes de ensino de graduação.

 

1.1. Por razão de estilo, adota-se neste Edital o gênero masculino da língua vernácula, sem significar preferências.

 

2. OBJETIVOS:

 

2.1. Geral:

 

Este programa pretende contribuir na formação científica de recursos humanos para a pesquisa, na redução do tempo médio de permanência de estudantes na pós-graduação e na consolidação da cultura acadêmica.

 

2.2.  Específicos:

a)     Em relação aos orientadores: integrar produtivamente os estudantes de graduação nas atividades científica, tecnológica, profissional e artístico-cultural;

b)     Em relação aos orientandos: proporcionar a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa e estimular o desenvolvimento do pensamento científico e da criatividade.

 

3. FORMAS DE CONCESSÃO DAS BOLSAS:

 

3.1.  Quantitativo previsto de bolsas sob fomento do CNPq e da UNIR para o ciclo 2018/2019:

 

 

 

3.2.  As cotas de bolsa fomentadas pelo CNPq, cujo quantitativo previsto é de 80 (oitenta), serão concedidas aos pesquisadores que possuam título de doutor, com maior produção acadêmica qualificada, e que exerçam atividade de pesquisa, evidenciada por sua recente produção registrada no Currículo Lattes.

 

3.3.  As cotas de bolsa sob fomento da UNIR, cujo quantitativo previsto é de 100 (cem), serão concedidas aos pesquisadores que possuam título de doutor e/ou mestre com perfil equivalente a doutor, isto é, aquele que faz parte de grupo de pesquisa, com experiência em orientação de estudantes de graduação ou pós-graduação (lato sensu), com publicação relevante registrada no Currículo Lattes.

 

3.4.  O valor das bolsas é de R$ 400,00 (quatrocentos reais).

 

3.5.  A concessão e o valor das bolsas estarão condicionados à disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq e da UNIR no momento de sua implementação.

 

3.6.  As demandas por bolsas serão analisadas em duas etapas:

 

a)     Pré-seleção realizada automaticamente pelo Sistema InfoPIBIC;

b)    Seleção final realizada pelos Comitês Técnico-Científicos Interno e Externo (CTC-I e CTC-E), compostos por docentes doutores da UNIR e docentes e/ou pesquisadores representantes do CNPq, respectivamente.

 

3.7.   Na etapa de pré-seleção, o Sistema InfoPIBIC procede à verificação automática dos campos e anexos obrigatórios constantes nos cadastros dos candidatos a orientadores inscritos no certame, para fins de homologação da inscrição.

 

3.8.   Na etapa da seleção, as inscrições homologadas são minuciosamente analisadas pelos consultores dos CTC-I e CTC-E, consistindo na análise dos campos preenchidos e da documentação anexada ao InfoPIBIC, conforme estabelecido no item 5.6. deste Edital. Os CTC-I e CTC-E indicarão a concessão de até duas cotas de bolsa e dois registros de orientandos voluntários ao orientador doutor; e uma cota bolsa e um registro de orientando voluntário ao orientador mestre com perfil equivalente a doutor. Esse número poderá ser alterado em virtude do quantitativo de bolsas e de acordo com os seguintes critérios de prioridade: ser bolsista de produtividade do CNPq; ser doutor; desenvolver projeto de pesquisa financiado por agência de fomento; estar vinculado a curso de pós-graduação stricto sensu; ter produção científica relevante, de preferência em periódicos indexados no Sistema Qualis da Capes.

 

3.9.   A classificação do candidato a orientando terá por critérios o desempenho e a produtividade acadêmica comprovados em seu Currículo Lattes e Histórico Escolar, somando-se as notas atribuídas ao seu orientador, ao projeto e plano de trabalho, conforme especificado no item 5.8. deste Edital.

 

3.10.  As bolsas são destinadas prioritariamente aos orientandos de orientadores doutores de acordo com sua classificação no certame;

 

3.11.  Os orientandos de orientadores mestres concorrerão a até 10 bolsas pela cota da UNIR, mas serão contemplados apenas aqueles que forem classificados dentro do número de bolsas previsto no certame;

 

3.12.  O orientando a quem não for concedida bolsa, mas tiver seu plano de trabalho aprovado, será registrado no Programa como voluntário, com as mesmas responsabilidades e direitos que o bolsista.

 

 4. REQUISITOS DO PROJETO:

4.1.    Antes do cadastro da proposta pelo orientador, no InfoPIBIC, deverá ser observado o que segue:

 

a)      Projetos que envolvem aspectos éticos devem ser submetidos ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos, via Plataforma Brasil, ou ao Comitê de Ética em Pesquisa com Animais, quando for o caso;

b)      No ato da inscrição, o candidato a orientador deverá anexar (em formato PDF) a cópia da mensagem eletrônica da Equipe da Plataforma Brasil informando que o projeto foi aceito para análise no Comitê de Ética em Pesquisa – CEP, ou cópia do parecer aprovado emitido pelo CEP;

c)      Para pesquisa com animais, o orientador deverá anexar (em formato PDF) uma declaração de que o projeto foi submetido ao Comitê de Ética no Uso de Animais – CEUA (http://www.veterinariarolimdemoura.unir.br//pagina/exibir/3815) ou cópia do parecer aprovado;

d)      Projetos aprovados com a observação dos consultores do CTC-I ou CTC-E acerca da necessidade do Parecer do CEP ou do CEUA deverão ter seu respectivo parecer anexado (em formato PDF) pelo orientador, no Sistema InfoPIBIC, no prazo de até noventa dias decorridos da homologação do resultado final desse processo seletivo, sob pena de cancelamento do projeto no âmbito do PIBIC e registro de inadimplência para o processo seletivo subsequente.

 

4.2.    Quando o projeto do orientador estiver vinculado a um projeto de Grupo de Pesquisa (projeto matriz), o orientador deverá preencher na sua ficha de inscrição do InfoPIBIC os formulários referentes ao Projeto de Pesquisa do Grupo e o Projeto de Pesquisa do Orientador, a partir do qual serão elaborados os planos de trabalho dos orientandos, que também serão preenchidos em formulário específico disponível no InfoPIBIC.

 

4.3.    Em caso de projeto de pesquisador servidor técnico-administrativo, o candidato deverá fazer parte de grupo de pesquisa da UNIR cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa – DGP/CNPq.

 

4.4.    O orientador doutor poderá submeter até 2 (dois) projetos para o ciclo 2018/2019, ao passo que o orientador mestre poderá submeter apenas 1 (um);

 

4.5.    O orientador poderá submeter seu(s) projeto(s) de pesquisa a fim de renovação somente por mais dois ciclos, com vigência máxima de 36 meses. Em caso de submissão para fins de renovação do projeto de pesquisa, os critérios de classificação e distribuição de bolsas obedecerão ao edital vigente.

 

5. CRITÉRIOS DE PRÉ-SELEÇÃO E SELEÇÃO DO PIBIC-2018/2019:

 

5.1.    O processo seletivo do PIBIC-2018/2019 ocorrerá exclusivamente por meio digital, com o preenchimento de formulários e anexação de documentos no Sistema InfoPIBIC, conforme itens 13.4. e 13.5. deste Edital.

 

5.2.    Os candidatos a orientador e a orientando deverão atualizar seus respectivos currículos Lattes até a data do término das inscrições prevista no cronograma, para que o CTC-I proceda à extração do quantitativo de artigos publicados em periódicos com Qualis/CAPES e preencha o campo específico da Planilha de Produção de cada candidato. Os demais itens a serem avaliados, relacionados no item 5.8. deste Edital, serão extraídos automaticamente pelo InfoPIBIC da Plataforma Lattes para a Planilha de Produção dos candidatos.

 

5.3.    A produção científica relevante refere-se ao ano atual (2018) e aos últimos 3 (três) anos completos (2015, 2016 e 2017).

 

5.4.    Os candidatos são responsáveis pela autenticidade das informações disponibilizadas nos seus respectivos currículos Lattes. Se constatadas incongruências nas informações prestadas durante a extração pelo InfoPIBIC e Consultores do CTC-I, o candidato será eliminado do certame e responsabilizado administrativamente.

 

5.5.   A pré-seleção compreenderá a verificação automática pelo InfoPIBIC da documentação e requisitos exigidos para a inscrição, conforme estabelecido no item 13. O comprovante de inscrição só será disponibilizado pelo sistema InfoPIBIC após o preenchimento dos Formulários obrigatórios e a inserção de todos os documentos previstos no mencionado item. Para homologar a inscrição, o candidato a orientador deverá clicar o botão “Enviar Inscrição”.

 

5.6.   No processo de seleção, os Consultores do CTC-E e CTC-I avaliarão os projetos e os planos de trabalho dos candidatos. A extração do quantitativo de artigos com Qualis/CAPES dos currículos Lattes dos participantes e sua inserção no Formulário de Produção dos candidatos será de incumbência exclusiva do CTC-I. A constatação, pelos CTC-I e CTC-E, de informações e/ou documentação falsas e/ou inexatas dos candidatos, em seus respectivos cadastros no InfoPIBIC, ocasionará sua eliminação do certame.

 

5.7.    Projetos e/ou planos de trabalho com média inferior a 50% da nota máxima, estabelecida na alínea “g” deste item, acarretarão a reprovação dos candidatos. A média será calculada a partir da soma das notas concedidas pelos CTC-E e CTC-I aos projetos e planos de trabalho, dividindo-se o resultado por 2 (dois).

 

5.8.    Os candidatos serão avaliados conforme exposto no quadro a seguir:

 

 

*Obs.: A pontuação referente aos títulos de mestrado e doutorado não é cumulativa.

 

6. COMPROMISSOS E DIREITOS DO ORIENTADOR:

 

6.1.   Selecionar e indicar, para candidato à orientação, estudante com perfil e desempenho acadêmico compatíveis com as atividades previstas.

 

6.2.   Solicitar a exclusão de orientando, mediante justificativa, recompondo a vaga em até 30 (trinta) dias após a solicitação de desligamento, desde que atendidos todos os requisitos constantes no item 8. deste Edital.

 

6.3.    Substituir o orientando até oito meses após o início do ciclo. No ato da solicitação de substituição de orientando, o orientador terá até trinta dias para enviar ao e-mail do PIBIC o relatório de desligamento elaborado pelo orientando, em formato PDF, constando todos os resultados obtidos durante o período em que esteve vinculado do Programa, para inserção no seu cadastro do InfoPIBIC. Este relatório será avaliado pelo CTC-I e sua reprovação ou não envio implicará na devolução dos valores recebidos.

 

6.4.    Realizar no máximo 3 (três) substituições de orientandos durante a vigência do ciclo 2018/2019 e, no caso de ultrapassar este número, sendo o orientando bolsista, a bolsa retornará à cota institucional e será redistribuída pela Coordenação. No caso de substituição ou cancelamento do orientando, o orientador deverá acessar o Sistema InfoPIBIC para efetuar a solicitação on-line até o dia 10 de cada mês, para que as providências da substituição ocorram em tempo hábil.

 

6.5.    Incluir o nome do orientando nas publicações e nos trabalhos apresentados em congressos e seminários, cujos resultados foram alcançados com a participação efetiva desses acadêmicos.

 

6.6.    Participar do Seminário Final e das reuniões convocadas pela Coordenadoria do PIBIC, salvo impedimento de força maior e em caso de apresentação de trabalhos em eventos fora do Estado ou do País. Essas ausências deverão ser previamente comunicadas por escrito e sua inobservância implicará na perda da bolsa e no registro de inadimplência para o ciclo subsequente.

 

6.7.     Encaminhar ao e-mail da Coordenadoria do PIBIC (pibic@unir.br) pedido de cancelamento do projeto, em casos de impedimento eventual do orientador como, por exemplo, afastamento por um período superior a 02 (dois) meses durante a vigência do ciclo ou qualquer outro motivo justificado que o impeça de continuar a orientação.

 

6.8.     Cumprir os prazos estabelecidos para inserção do relatório final, resumo informativo de seus orientandos e demais solicitações feitas pelo CTC Interno da respectiva área do conhecimento à qual o projeto esteja vinculado. Em caso de solicitação de renovação do projeto, preencher no Sistema InfoPIBIC o campo referente ao relatório das atividades desenvolvidas pelo orientador durante o ciclo anterior.

 

6.9.     Requerer alteração no plano de trabalho do orientando até 180 (cento e oitenta) dias após o início do ciclo.

 

6.10.    Solicitar, com antecedência de no mínimo 30 (trinta) dias, o desligamento do orientando (bolsista ou voluntário) que esteja em fase de colação de grau do curso de graduação.

 

7. REQUISITOS PARA SELEÇÃO DOS ORIENTADORES:

 

7.1.      Ser docente ou técnico do quadro permanente da Fundação Universidade Federal de Rondônia.

 

7.2.      Ser Professor Visitante, desde que seu contrato esteja em vigor no período de realização da pesquisa: 01 de agosto de 2018 a 31 de julho de 2019.

 

7.3.      Estar cadastrado ou fazer parte do Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq, em Grupo atualizado e certificado pela UNIR.

 

7.4.      Possuir titulação mínima de:

 

  • Doutor, para orientar bolsistas sob cota do CNPq e UNIR.
  • Mestre, para orientar bolsistas sob cota da UNIR.

 

7.5.      Apresentar produção científica relevante nos últimos três anos.

 

7.6.      Ter cumprido, em caso de renovação, todos os seus compromissos concernentes à orientação e acompanhamento dos seus orientandos no XXVII Seminário Final do PIBIC-2017/2018, bem como ter observado os prazos estabelecidos pela Coordenadoria deste Programa inerentes à inserção dos relatórios e resumos informativos dos seus orientandos no Sistema InfoPIBIC.

 

7.7.      Estar cadastrado como professor no Sistema InfoPIBIC.

 

7.8.      Não estar com previsão de afastamento da UNIR por um período superior a 2 (dois) meses, durante o período de vigência do ciclo.

 

7.9.      Não estar matriculado em Curso de Pós- Graduação na UNIR ou em outra instituição, mesmo como aluno especial.

 

8. REQUISITOS E COMPROMISSOS DOS ORIENTANDOS (BOLSISTAS E VOLUNTÁRIOS):

 

8.1.      Requisitos para seleção:

 

a)      Ser indicado pelo orientador;

b)      Estar vinculado a apenas um projeto de iniciação científica;

c)      Estar regularmente matriculado em disciplinas de curso de graduação presencial da UNIR ou de outra IESnos semestres correspondentes ao período de vigência da pesquisa;

d)      Não ter vínculo empregatício, exceto em caso de estágio não-obrigatório remunerado, conforme preconizam as Notas 1 e 2 da RN-017/CNPq/2006, bem como se aprovado como voluntário;

e)      Possuir Currículo Lattes;

f)       Ser membro do grupo de pesquisa com certificação institucional ao qual seu orientador esteja vinculado;

g)      Possuir conta corrente em seu próprio CPF, de preferência, do Banco do Brasil (para pleitear bolsa PIBIC/CNPq) ou do banco de sua preferência (para pleitear bolsa PIBIC/UNIR);

h)      Estar cadastrado como aluno no InfoPIBIC, preenchendo todos os campos obrigatórios;

i)       Não ser parente consanguíneo do orientador até o 2º grau.

 

8.2.   Compromissos:

 

a)      Apresentar o relatório final, com exposição pública em pôster, durante o Seminário Final. Caso o relatório seja avaliado entre os 3 (três) melhores de sua área, o orientando deverá também realizar a exposição pública oral no Congresso de Iniciação Científica;

b)      Participar das reuniões e seminários convocados pelo orientador e pela Coordenadoria do PIBIC, salvo por impedimento justificado, comunicando previamente, por escrito, ao PIBIC/PROPESQ com a ciência do orientador;

c)      Fazer referência à sua condição de “bolsista PIBIC-UNIR/CNPq” nas publicações e trabalhos apresentados;

d)     Restituir ao CNPq ou à UNIR toda bolsa recebida, caso os requisitos e compromissos estabelecidos neste Edital não tenham sido cumpridos;

e)      Dedicar-se às atividades de pesquisa no período mínimo de 20 horas semanais, com acompanhamento da carga horária de exclusiva responsabilidade do orientador;

f)       Não acumular a bolsa deste Programa com outras bolsas de qualquer natureza financiadas por agências de fomento, por outras Instituições ou pela UNIR, exceto quando estas possuírem objetivos assistenciais, de manutenção ou de permanência, finalidades distintas de iniciação científica, conforme estabelece o item 3.7.6.1. da RN-017/CNPq/2006;

g)      Não publicar os resultados parciais ou finais da pesquisa desenvolvida no PIBIC e/ou utilizá-los em monografia ou trabalho de conclusão de curso sem a autorização formal do orientador;

h)      Solicitar ao orientador o desligamento do PIBIC com antecedência de no mínimo 30 (dias) antes da colação de grau do curso de graduação;

i)       Cumprir seu plano de trabalho;

j)       Não se vincular a projeto de outro orientador na mesma vigência do ciclo, em caso de desistência ou desligamento.

 

9. DURAÇÃO:

 

9.1.   O período de vigência da bolsa será de 12 (doze) meses, admitindo-se a participação do mesmo orientando enquanto este possuir vínculo com curso de graduação, desde que seja indicado pelo candidato a orientador e aprovado nos processos seletivos deste Programa.

 

10. CANCELAMENTO, SUSPENSÃO E SUBSTITUIÇÃO:

 

10.1.  O bolsista ou voluntário poderá ser suspenso ou substituído por solicitação do orientador, observando o que dispõem os itens 6.2., 6.3. e 8. deste Edital; ou pelo CTC-I da área, em caso de não cumprimento do plano de trabalho pelo orientando, e/ou descumprimento deste Edital e/ou das normas vigentes do CNPq.

 

10.2.   No processo de substituição de bolsistas e voluntários serão utilizados os mesmos critérios do processo de seleção.

 

10.3.   Os orientandos excluídos por insuficiência de desempenho não poderão retornar ao Programa na mesma vigência e tampouco pleitear nova bolsa ou registro de voluntário no Edital imediatamente subsequente.

 

11. BENEFÍCIO:

 

11.1.   O valor das bolsas é de R$ 400,00 (quatrocentos) reais, sendo estipulado anualmente pela Diretoria Executiva do CNPq. As bolsas disponibilizadas pela UNIR, como contrapartida, têm o mesmo valor daquelas concedidas pelo CNPq.

 

11.2.   O pagamento das bolsas financiadas pelo CNPq será efetuado diretamente em conta corrente exclusiva do bolsista em agência do Banco do Brasil, não podendo ser conta poupança; enquanto as bolsas financiadas pela UNIR serão depositadas em conta corrente do banco de preferência do bolsista.

 

11.3.   Conforme estabelece o item 3.12.1 da RN-017/CNPq/2006, é de responsabilidade da UNIR custear o Seguro Contra Acidentes Pessoais aos orientandos vinculados ao PIBIC durante sua permanência neste Programa.

 

11.4.   Certificado de Destaque em Iniciação Científica para os 3 orientandos melhor colocados na avaliação do relatório final de cada grande área e Certificado de Menção Honrosa aos orientandos cujos relatórios finais sejam avaliados com média a partir de 9,5.

 

11.5.   O orientando e o orientador terão direito à Certidão de Atividade de Pesquisa, emitida pela Coordenadoria do PIBIC, mediante solicitação devidamente acompanhada de cópia da Ata de aprovação do projeto de pesquisa do orientador pelo Conselho de Departamento, nos termos do § 2º do Art. 23 da Resolução n.º 482/CONSEA/2017.

 

12. CRONOGRAMA:

12.1.   O processo de inscrição do PIBIC para o ciclo 2018/2019 ocorrerá on-line no Sistema InfoPIBIC, disponível no endereço eletrônico www.infopibic.unir.br,obedecendo ao seguinte cronograma:

 

* A partir desta data, os acadêmicos aprovados como bolsistas no certame devem abrir diariamente os seus respectivos e-mails para confirmar dados solicitados pelo CNPq. Caso não sejam contatados por esta agência de fomento, subtendam que suas bolsas serão financiadas pela UNIR.

 

13. DA INSCRIÇÃO:

 

13.1.    O processo seletivo do PIBIC-2018/2019 ocorrerá exclusivamente por meio digital, com o preenchimento de formulários e anexação de documentos no Sistema InfoPIBIC, dispensando vias impressas e/ou formalização de processos via SINGU,no período de 20 de abril de 2018 a 21 de maio de 2018, observando os procedimentos necessários para efetivação da inscrição.

 

13.2.   O candidato a orientando (bolsista e voluntário) deverá apenas se cadastrar como aluno no Sistema InfoPIBIC, atualizar seu currículo Lattes e atender ao que estabelece o item 8. deste Edital.

 

13.3.   O candidato a orientador deverá se cadastrar como professor no Sistema InfoPIBIC e atender ao que preconiza o item 7. deste Edital, além de:

 

a)        Preencher todos os formulários eletrônicos do InfoPIBIC listados no item 13.4;

b)        Vincular o projeto a uma das 4 (quatro) grandes áreas de concentração do PIBIC, conforme quadro a seguir:

  

c)        Vincular os orientandos ao seu projeto, indicando seus respectivos vínculos (bolsista ou voluntário), respeitando o limite de participantes especificado no item 3.8;

d)        Gerar o comprovante de inscrição, após o preenchimento dos formulários e a inserção de todos os documentos obrigatórios, clicando o botão “Enviar Inscrição”.

 

13.4.   Os documentos necessários à inscrição, conforme especificado a seguir, deverão ser anexados ou preenchidos pelo candidato a orientador nos seus respectivos campos constantes no sistema de inscrição on-line do InfoPIBIC:

 

 

13.5.    A documentação a ser preenchida em formulários on-line disponíveis no Sistema InfoPIBIC deverá respeitar os limites de caracteres estabelecidos a seguir:

 

a)        Do projeto de pesquisa – Ser preenchido on-line, com estrutura que contemple: Identificação do candidato a orientador (filtrada do cadastro do InfoPIBIC); Título do Projeto (máximo 300 caracteres com espaço); Data de início do projeto; Data de término do Projeto (máximo 36 meses); Declaração de Anuência do candidato a orientador; Equipe Participante (orientador e orientandos – máximo 300 caracteres com espaço); Departamento de vinculação do projeto (máximo 100 caracteres com espaço); Núcleo ou Campus de vinculação do projeto (máximo 100 caracteres com espaço); Resumo (máximo 1.200 caracteres com espaço); Introdução (máximo 7.000 caracteres com espaço); Objetivo geral (máximo 300 caracteres com espaço); Objetivos específicos (máximo 1.000 caracteres com espaço); Justificativa, problema e hipótese (máximo 4.000 caracteres com espaço); Materiais e Métodos (máximo 9.000 caracteres com espaço); Cronograma geral do projeto; Referências (máximo 8.000 caracteres com espaço) – utilizar normas da ABNT, Vancouver, Harvard, APA, Chicago e outros; Financiamento do projeto por agência de fomento externa (informar nome da agência e inserir, no campo figuras, a cópia da aprovação do órgão financiador;

b)        Projeto do Grupo de Pesquisa (apenas quando o projeto do orientador fizer parte de um Programa do Grupo de Pesquisa) – Ser preenchido on-line, com estrutura que contemple: Identificação do coordenador e vice-coordenador do projeto; Título do Projeto do Grupo (máximo 300 caracteres com espaço); Data de início do projeto; Data de término do Projeto (máximo 36 meses); Declaração de veracidade das informações prestadas; Equipe Participante (coordenador, vice-coordenador, alunos de iniciação científica, técnicos e demais pesquisadores; Departamento de vinculação do projeto (máximo 100 caracteres com espaço); Núcleo ou Campus de vinculação do projeto (máximo 100 caracteres com espaço); Link do grupo de pesquisa; Linha de Pesquisa (máximo de 500 caracteres com espaço); Resumo (máximo 1.200 caracteres com espaço); Introdução (máximo 7.000 caracteres com espaço); Objetivo geral (máximo 300 caracteres com espaço); Objetivos específicos (máximo 1.000 caracteres com espaço); Justificativa, problema e hipótese (máximo 4.000 caracteres com espaço); Materiais e Métodos (máximo 9.000 caracteres com espaço); Fundamentação teórica (7.000 caracteres com espaço); Cronograma geral do projeto; Referências (máximo 8.000 caracteres com espaço) – utilizar normas da ABNT, Vancouver, Harvard, APA, Chicago e outros; Financiamento do projeto por agência de fomento externa (informar nome da agência e inserir, no campo figuras, a cópia da aprovação do órgão financiador;

c)         Relatório de Atividades do projeto do orientador (apenas em caso de Renovação) – Ser preenchido on-line, com estrutura que contemple: Identificação do candidato a orientador (filtrada do cadastro do InfoPIBIC); Título do Projeto (máximo 300 caracteres com espaço); Relatório do projeto (máximo 4.000 caracteres); Cronograma para o próximo ano; Duração do projeto em meses; Etapas (máximo 2.500 caracteres); Atividades cumpridas (máximo de 3.000 caracteres); Dificuldades encontradas (máximo de 3.000 caracteres); Equipe Participante (orientador e orientandos – máximo 300 caracteres com espaço); Situação atual da pesquisa (máximo 2.500 caracteres); Produção no contexto do projeto (publicação, apresentação em congresso, relatórios, outros – máximo 2.000 caracteres).

d)         Do plano de trabalho – Ser preenchido on-line, com estrutura que contemple: Título do projeto do grupo de pesquisa (quando houver – máximo 300 caracteres); Título do projeto do orientador (máximo 300 caracteres); título do plano de trabalho do orientando (bolsista ou voluntário – máximo 300 caracteres com espaço); Identificação do orientando (se bolsista ou voluntário); objetivos do trabalho do bolsista - indicar os objetivos a serem atingidos pelo bolsista dentro do proposto no plano de trabalho (máximo 900 caracteres com espaço); Materiais e Métodos (máximo 9.000 caracteres com espaço); cronograma de atividades do bolsista para 1 (um) ano: descrever o cronograma de atividades mensaisa serem realizadas pelo bolsista durante a vigência da bolsa.

e)         Inserir imagens (quando for o caso), tais como tabelas, gráficos, mapas e outras no campo “Figuras” (do formulário eletrônico). As imagens deverão estar no formato JPEG.

 

14. DISPOSIÇÕES GERAIS:

 

14.1.     Todos os doutores que foram anteriormente cadastrados como orientadores, ou que participaram como consultores do CTC-I, ou ainda do Grupo de Notáveis, do Programa Institucional de Iniciação Científica, passam a ser automaticamente consultores ad hoc do PIBIC/UNIR, a menos que solicitem sua exclusão desse cadastro. O Consultor ad hoc receberá certificado e/ou declaração emitidos pelo Programa pertinente às atividades que realizar durante o ciclo, culminando com a realização do Seminário Final.

14.2.     A renovação do projeto e da participação do estudante não é automática, e tomará por base o cumprimento dos planos de trabalho bem como a produtividade, o que significa: aprofundamento do marco teórico e metodológico, resultados obtidos, publicações e participação nos eventos do PIBIC e/ou em outros de sua área. A pesquisa pode ter continuidade, mas não é permitida a sua mera repetição.

 

14.3.     A elaboração do projeto de pesquisa e dos planos de trabalho dos candidatos à bolsa ou a registro de voluntário é de exclusiva responsabilidade do orientador. A partir do projeto de pesquisa devem ser elaborados os planos de trabalho dos referidos candidatos, não se admitindo que os mesmos tenham igual título ao projeto do orientador. Planos de trabalho idênticos para os bolsistas serão desclassificados, não cabendo recurso. Em caso de substituição de orientando, o substituto deve dar andamento ao plano de trabalho do substituído.

 

15. VEDAÇÕES:

 

15.1.     O acúmulo de bolsas com outras do CNPq ou de quaisquer agências nacionais ou internacionais, exceto o previsto na alínea “f” do item 8.2.

 

15.2.     Informar conta de e-mail dos provedores “Hotmail” e “Outlook” no Currículo Lattes, conforme determinação do CNPq.

 

15.3.     A concessão de bolsa e registro de voluntário a quem estiver em débito, de qualquer natureza, com a UNIR, CNPq e/ou outras agências ou instituições de fomento à pesquisa.

 

15.4.     A recomposição da vaga do bolsista após decorridos 30 (trinta) dias da solicitação de desligamento do bolsista anterior.

 

15.5.     A inclusão de orientando após decorridos 8 (oito) meses do início do ciclo.

 

15.6.     O repasse a outro orientador a orientação dos bolsistas e/ou voluntários.

 

15.7.     A divisão da mensalidade da bolsa entre dois ou mais alunos.

 

15.8.     A certificação do orientando (bolsista/voluntário) e de seu orientador em caso de reprovação do relatório final pelo CTC Interno e/ou Externo, bem como àqueles que não cumprirem os doze meses relativos à vigência do ciclo do PIBIC-2018/2019. No caso de cumprimento parcial do referido ciclo, o bolsista e/ou voluntário receberá uma declaração de participação no Programa correspondente ao período em que desenvolveu seu plano de trabalho, desde que seu relatório de orientando desligado seja aprovado pelo CTC-I.

 

15.9.     A utilização de bolsistas e/ou voluntários para exercer atividades indiretas, como apoio administrativo ou operacional, bem como o uso da bolsa ou parte desta para custeio das atividades inerentes ao plano de trabalho ou ao projeto de pesquisa do orientador.

 

15.10.   A repetição de plano de trabalho desenvolvido em ciclos anteriores.

 

15.11.   A alteração do plano de trabalho após 180 dias decorridos do início do ciclo.

 

15.12.   Permanecer vinculado ao PIBIC após o término da graduação, seja como bolsista ou voluntário.

 

15.13.   Orientar aluno de curso de graduação na modalidade a distância (EAD).

 

16.  DISPOSIÇÕES FINAIS:

 

16.1.    Integram este Edital, independentemente de transcrição, a RN 017/2006/CNPq e a Resolução n.º 178/CONSEA/2007.

 

16.2.    A condição de bolsista não caracteriza vínculo empregatício com a Universidade, tampouco com o CNPq e com o orientador da pesquisa.

 

16.3.    Cabe ao orientador assegurar a manutenção do projeto aprovado no que concerne à captação de recursos financeiros necessários ao seu desenvolvimento.

 

16.4.    É recomendado que o orientador indique orientandos residentes no município onde se localiza o Campus de seu efetivo exercício na UNIR. Eventuais despesas de deslocamento de orientandos residentes fora do município de lotação do orientador ficarão a cargo deste, estando a UNIR eximida dessa obrigação.

 

16.5.    As custas de confecção do pôster para apresentação no Seminário Final ficarão a cargo dos participantes, estando a UNIR eximida dessa obrigação.

 

16.6.    A cota das bolsas de iniciação científica financiadas pela UNIR representa a contrapartida no CNPq. Sendo assim, caberá à Instituição garantir a disponibilidade orçamentária e financeira.

 

16.7.    O cancelamento de bolsas é permitido desde que cumpridos os prazos estabelecidos neste Edital, e pode ser requerido pelo Orientador, com justificativa à Coordenadoria do Programa, que encaminhará a solicitação para deliberação do Presidente do CTC-I.

 

16.8.    Caso o orientador tenha descumprido, no ciclo de 2017/2018, o que estabelece o item 7.6. deste Edital, ficará impedido de concorrer ao processo de seleção de projetos novos, bem como solicitar a renovação do seu projeto de pesquisa do PIBIC e, consequentemente, da bolsa e/ou do registro de voluntários no ciclo vigente.

 

16.9.     O orientador que for contemplado com 2 (duas) cotas de bolsa neste Edital não poderá usufruir de cota de bolsa nos Editais do PIBIC-Af e PIBITI para o ciclo 2018/2019.

 

16.10.   A qualquer tempo e critério do CTC-I, se constatada a apresentação de documentos ou informações não idôneas ou plágios, será considerada cancelada a inscrição e a participação no Programa, não importando a etapa em que ocorra a descoberta, sem prejuízo das ações judiciais cabíveis e observando o direito de defesa.

 

16.11.   O orientador e orientando declaram-se cientes e concordam com todas as cláusulas deste Edital, que poderá, a qualquer tempo, ser revogado ou anulado, por interesse público, sem que implique direito à indenização ou reclamação de qualquer natureza.

 

16.12.   Os casos omissos serão analisados pelo CTC-I, Grupo de Notáveis e CNPq.

 

  

Porto Velho, RO, 16 de abril de 2018.

 

Prof. Dr. Leonardo de Azevedo Calderon

Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa

Portaria nº. 284/GR/2017

Presidente CTC/UNIR

 CALENDARIO ANUAL DO PIBIC_2018-2019


<<
Outubro 2021
>>
DoSeTeQuQuSe
     12
3456789
10111213141516
1718
19
20212223
24252627282930
31